Um presente de Ernesto Cardenal: "Ao perder-te eu a ti..."

"Ao perder-te eu a ti
tu e eu teremos perdido.
Eu, porque tu eras
o que eu mais amava;
tu, porque era eu
que te amava mais.
Mas, de nós dois
tu perdes mais do que eu.
Porque eu poderei amar a outras
como amava a ti,
Mas a ti não te amarão mais
do que te amava eu!"

Ernesto Cardenal

 

Ernesto Cardenal, foto de Roman Bonnefoy
Ernesto Cardenal Martínez nasceu em 20 de janeiro de 1925 em Granada, Nicarágua.

Poeta e sacerdote nicaraguense, dissidente sandinista e considerado um dos mais importantes poetas vivos da América Latina.

Foi ordenado padre em 1965 e em 1979, com a chegada dos sandinistas ao poder, integrou a Junta de Governo como ministro de Cultura. Seis anos depois, em 1985, foi suspenso "ad divinis" pelo Vaticano, que considerou incompatível a sua missão sacerdotal com o seu novo cargo político.

Em 2005, Cardenal foi candidato ao Prémio Nobel de Literatura e, entre outras distinções, recebeu o Prémio Rubén Darío, o mais importante das letras nicaraguenses (em 1965), a Ordem cubana "Haydeé Santamaría" (1990) e o Prémio da Paz dos livreiros alemães (1980).

Da sua obra poética destacam-se

    * La ciudad deshabitada, (1946)
    * Hora 0, (1960)
    * Getsemany KY, (1961)
    * Salmos, (1964)
    * Oración por Marilyn Monroe y otros poemas, (1965)
    * Vida en el amor, (1970)
    * Homenaje a los indios americanos, (1971)
    * Cristianismo y Revolución, (1974)
    * Cántico Cósmico (1990), um poema de 600 páginas
    * Epigramas (2001)
    * Thomas Merton, Ernesto Candeal: Correspondencia (1959-1968), (2003)
    * El verso del pluriverso, (2005)
    * El evangelio en Solentiname, (2006)

Fonte: Wikipedia
Foto: Roman Bonnefoy

3 comentários:

Ana Cavalcantti disse...

Que lindo esse poema...
Um amor desperdiçado é sempre triste !! Mas quem perde realmente é quem deixa de ser amado !!
Beijos

Helio Jenné disse...

Concordo plenamente, Ana.
Obrigado pelo comentário. Beijo!

Ane disse...

gostei muito do seu blog

se quiser segue o meu ai!

http://anenevess.blogspot.com/