O Amor é Cego (Shallow Hal)



Hal (Jack Black) é um homem que segue à risca o conselho de seu pai e apenas se interessa por mulheres que tenham um físico perfeito. Mas tudo muda quando ele por acaso se encontra com Anthony Robbins, um guru de auto-ajuda que o hipnotiza e faz com que ele apenas possa visualizar a beleza interior das mulheres, em detrimento de seu físico.

Shallow Hal canoeingSem saber que está sob o efeito de hipnose, Hal então se apaixona por Rosemary (Gwyneth Paltrow), uma mulher obesa que é vista por ele como se fosse uma verdadeira deusa. Até que, após ser retirado da hipnose por seu amigo Mauricio (Jason Alexander), ele passa a ver como Rosemary é de verdade fisicamente e precisa tomar uma decisão sobre seu relacionamento com ela.

Dirigido pelos irmãos Farrelly (Quem vai ficar com Mary?) e com Jack Black, Gwyneth Paltrow e Jason Alexander no elenco, além de participação de Anthony Robbins, o filme tem uma trilha sonora muito especial, que inclui de Jeff Beck (Roy's Troy) e Neil Young (After the Gold Rush) a Madredeus (Oxalá) e Kings of Convenience (Toxic Girl), passando por The Foundations com a inesquecível e balançante Baby, Now That I Found You, que publiquei no Blog do Lobo.

3 comentários:

Nina Victor disse...

Sem dúvida: é cego! :P
Mas que diferença faz?... :)

Helio Jenné disse...

É verdade, Nina... o mais importante é enxergar com os olhos do coração! :P Beijos.

aumentar seios disse...

O filme é otimo, é uma comédia, mas tem um fundo de verdade que é duro de aceitar, asociedade nos faz crer que o aspecto físico é o único importante num relacioanmento, enfim, o filme trata deste assunto de forma irônica e engraçado. Um abraço.